Brasil tem potencial para movimentar até US$ 15 bi com a legalização dos jogos de azar

Com a legalização, Brasil ainda poderá arrecadar cerca de US$ 4,2 bi em impostos ao ano

Os jogos de azar e os cassinos foram proibidos no Brasil há mais de 70 anos pelo presidente Dutra, porém ainda existem alguns poucos jogos legalizados e controlados pelo governo, como a Loteria Federal, que movimenta anualmente R$ 34,1 bilhões (ou US$ 8,1 bi/ano).

Para um efeito comparativo, os Estados Unidos têm o maior mercado de jogos de azar e cassinos no mundo, movimentando mais de US$ 500 bilhões anualmente, ou seja, 4.050% a mais do que é movimentado no Brasil com as loterias. E, somente em Las Vegas, cidade norte-americana em Nevada, os jogos representam 27% da economia da cidade.

André Feldman, CEO da BIG e representante do Grupo Caesars e WSOP no Brasil, afirma que, com a legalização de todas as modalidades de jogos, o Brasil tem potencial para arrecadar US$ 15 bilhões bruto e cerca de US$ 4,2 bilhões por ano em impostos. Além disso, o governo arrecadaria antecipadamente mais de US$ 1,7 bilhão com as outorgas, licenças e autorizações para construções dos cassinos. Sem incluir o movimento financeiro nos investimentos e na geração de empregos para a construção e implantação dos cassinos.

O empresário ainda complementa que “nos sete países mais ricos do mundo – Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Grã-Bretanha, Itália e Canadá – o jogo é totalmente liberado. Nos mais de 100 países onde o jogo é legalizado, os cassinos representam parcela importante na indústria do Turismo pelas atividades que agregam em toda a escala da economia”.

“A legislação proibitiva não alterou o cenário de ilegalidade do jogo no país, que movimenta, em apostas clandestinas, cerca de US$ 5 bilhões anualmente com o jogo do bicho, bingos, caça-níqueis, videojogos, apostas esportivas e jogos online. Este valor coloca o país entre os campeões mundiais no ranking dos jogos clandestinos”, finaliza.

Além de um potencial incremento na economia, de acordo com especialistas, o Brasil poderá gerar 700 mil empregos diretos e indiretos com a legalização dos jogos de azar e dos cassinos, sendo que o país nunca esteve tão perto da legalização, já que o projeto avança na Câmara dos Deputados.

Enquanto isso, eventos do setor privado acontecem para debater o tema. No dia 18 de novembro, o LIDE FUTURO realizou, na Casa Bisutti, em São Paulo, a 23ª edição do LIKE THE FUTURE que trouxe a debate o tema “Mercado do Jogo: Qual a sua aposta?”. De acordo com Laís Macedo, CEO do LIDE FUTURO: “Trata-se de um mercado com potencial bilionário que, segundo os especialistas, uma vez regulamentado, pode trazer de forma responsável muitas oportunidades que agreguem ainda mais à economia brasileira”.

PARTICIPE DO LIDE FUTURO

Capítulos Recomendados