Conheça as tendências do mercado de canabidiol no Brasil

Patrocinado por Bossa Nova Investimentos, OnixCann/Cantera, Entourage Phytolab, HempMeds Brasil e VerdeMed, evento exclusivo promovido pelo LIDE FUTURO recebe mais de 300 convidados

O LIDE FUTURO promoveu, nesta semana, a 22ª  edição do LIKE THE FUTURE, intitulada Cannabusiness: um mercado bilionário. O evento propôs um debate impactante sobre o potencial de mercado do composto da Cannabis Sativa no Brasil e no mundo, o canabidiol (CBD). 

O debate, mediado pelo jornalista Tarso Araujo, contou com a participação dos executivos Marcelo Galvão, fundador e CEO da OnixCann|Cantera, canal de distribuição de cannabis medicinal em toda a América Latina; Caio Santos Abreu, fundador e CEO da Entourage Phytolab, primeira companhia brasileira de pesquisa e desenvolvimento de medicamentos à base de cannabis; e José Bacellar, CEO e sócio-fundador da VerdeMed, especialista em pesquisa clínica, assuntos regulatórios/médicos e desenvolvimento de novas formulações farmacêuticas à base de cannabis. Para uma perspectiva política e médica sobre o assunto, juntaram-se ao palco Alessandra Bastos Soares, diretora da Segunda Diretoria da Anvisa, e o Dr. Junior Gibelli,  diretor de Assuntos Médicos da HempMeds™ Brasil, que atuou em  instituições como Unesp, University of Chicago, UCF, Harvard Medical School e Médicos sem fronteiras, entre outras.

O encontro também reuniu Cristiana Prestes, fundadora e CEO da HempCare, farmacêutica que atua com foco na medicina integrada e com produtos importados dos Estados Unidos, e Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr. Cannabis, plataforma que informa e conecta pessoas a médicos que prescrevem e profissionais que produzem e revendem canabinoides de forma legal. Ambas participaram como startups no quadro #ofuturoéagora, mediado por João Kepler, sócio da Bossa Nova Investimentos. 

Alessandra Bastos mostrou-se otimista quanto ao cenário de regulamentação do cannabis medicinal, que aumentará o acesso aos compostos e permitirá o cultivo controlado da planta para fins médicos e científicos. Também enfatizou o esforço da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a viabilização do processo. “Não é se acontecer, é vai acontecer”, afirmou, corrigindo os painelistas. 

O Dr. Junior Gibelli tambémdefendeu a importância do uso de medicamentos à base de canabidiol para pacientes acometidos por uma lista extensa de patologias que prejudicam a qualidade de vida e podem ser tratadas com o composto, assim como para os que não progridem utilizando os medicamentos já disponíveis no mercado nacional. 

Caio Abreu, CEO da empresa responsável pela primeira importação brasileira da cannabis para fins medicinais, acredita que o país pode ter um grande potencial de plantio, assim como a Colômbia e parte da África. Por isso, confirma a necessidade de que, da mesma forma que a Entourage, outras organizações desenvolvam tecnologias que barateiem o processo e assegurem a eficiência de escala, garantindo a chegada do produto final até o consumidor. Também destacou a importância de selecionar fornecedores que não utilizem agrotóxicos e demais químicos danosos à saúde. 

José Bacellar foi enfático em seu apoio à campanha CBD Legal, que defende que o Canabidiol seja regulamentado e tratado como substância natural sob a alegação de que a substância é benéfica à saúde e é proveniente do cânhamo, não da maconha, e Marcelo Galvão deu um panorama econômico referente ao que podemos esperar do mercado da cannabis medicinal, reforçando que o viés do mercado brasileiro será focado no Canabidiol (CBD).

O evento reuniu 330 participantes, entre eles especialistas, empresários e filiados do LIDE FUTURO.

Diretora da Anvisa participa do LIKE sobre CANNABUSINESS

Evento tem apoio de marcas como Bossa Nova Investimentos, OnixCann/Cantera, Entourage Phytolab, HempMeds Brasil e VerdeMed

O LIDE FUTURO tem a honra de anunciar os palestrantes que estarão presentes na 22ª  edição do LIKE THE FUTURE, intitulada Cannabusiness: um mercado bilionário. O evento propõe um debate impactante sobre o potencial de mercado do composto da Cannabis Sativa no Brasil e no mundo, o canabidiol (CBD).

Juntam-se aos palestrantes que já haviam confirmado a diretora da Segunda Diretoria da Anvisa, Alessandra Bastos Soares; o fundador e CEO da OnixCann|Cantera, canal de distribuição de cannabis medicinal em toda a América Latina, Marcelo Galvão; Caio Santos Abreu, fundador e CEO da Entourage Phytolab, primeira companhia brasileira de pesquisa e desenvolvimento de medicamentos à base de cannabis e Dr. Junior Gibelli, Diretor de Assuntos Médicos da HempMeds™ Brasil, que atuou em  instituições como Unesp, University of Chicago, UCF, Harvard Medical School e Médicos sem fronteiras, entre outras.

Recentemente, havíamos anunciado a participação de José Bacellar, CEO e sócio-fundador da VerdeMed, especialista em pesquisa clínica, assuntos regulatórios/médicos e desenvolvimento de novas formulações farmacêuticas à base de cannabis; Mara Gabrilli, usuária legal de medicamentos à base de canabidiol e defensora da regulamentação pró liberação e Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr. Cannabis, plataforma que informa e conecta pessoas a médicos que prescrevem e profissionais que produzem e revendem canabinoides de forma legal. 

O encontro, que acontece dia 13 de agosto, das 18h00 às 22h00, na Casa Bisutti, debaterá oportunidades, desafios e entraves legais, assim como o panorama que se abre para o Brasil com o início do trâmite de regulamentação da Anvisa para facilitar o comércio de produtos médicos ainda repletos de tabus sociais. 

Trata-se de um mercado com potencial bilionário: de acordo com a consultoria Brightfield Group, o segmento de derivados da Cannabis Sativa movimentará US$ 23 bilhões até 2022 apenas nos Estados Unidos. No Brasil, o uso da maconha medicinal já é uma realidade desde que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou o uso terapêutico de canabidiol, em janeiro de 2015. Desde então, mais de 78 mil unidades de produtos foram importados pelo país.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma recomendação para que não categorizem o canabidiol como uma droga, já que, com uso terapêutico, não existe risco de dependência. De acordo com levantamento da New Frontier Data, o mercado pode movimentar cerca de R$ 4,4 bilhões, o equivalente a 6,3% do total do faturamento da indústria farmacêutica brasileira. 

“Foi preciso estudar o assunto à fundo para levar o mais completo e atualizado panorama da indústria da Cannabis medicinal ao palco, debatido pelos maiores experts, as maiores e mais sérias empresas do mercado juntamente ao poder público. No dia 13 de agosto, 350 líderes e convidados vislumbrarão a nova transformação global e nacional fomentada pelo CANNABUSINESS.”, afirma Laís Macedo, CEO do grupo.

O LIDE FUTURO anuncia também as empresas apoiadoras do evento, que incluem as marcas Bossa Nova Investimentos, OnixCann|Cantera, Entourage Phytolab, Grupo Soluto, HempCare, HempMeds e VerdeMed.

Madureira: o limite do humor é a gargalhada

Com o sonho de ser astronauta, Marcelo Madureira formou-se engenheiro e começou sua carreira no mercado financeiro. O humor surgiu por um jornal mural na faculdade, em que ele inventava fofocas sobre a vida alheia. Foi uma questão de tempo para suas “babaquices”, como ele mesmo diz, conquistarem os risos brasileiros e o consolidarem como um dos maiores humoristas do país, integrante de um dos maiores programas da TV Globo, Casseta&Planeta.

De visão liberal e sempre à frente, nosso mentor da vez deixou grandes reflexões como aprendizados, principalmente sobre a forma como enxergamos e exercemos nosso papel como cidadão numa sociedade que, cada vez mais dividida, se distancia da harmonia. “Vivemos uma enorme incerteza e insegurança. A vida não é mais previsível, é tudo extremamente volátil. Quando tendemos a ser conservador, tendemos a ser autoritário”, afirmou.    

Quando indagado sobre o limite do humor, deixou claro que “o limite do humor é a gargalhada. O objetivo do humorista é fazer graça, e não ofender”. Para ele, o humor é a forma mais sofisticada de autocrítica que o ser humano inventou e todo artista deve existir para incomodar, de forma positiva. “Não adianta eu ter toda informação do mundo se eu não souber formular”, complementou.

Realizado na LAJE, uma plataforma de inovação que gera soluções de negócio ágeis, o evento contou com a participação de mais de 50 jovens lideranças, filiadas ao LIDE FUTURO em São Paulo.

LIDE FUTURO Debate aborda o futuro da contabilidade

Um debate com insights sobre a relação com cliente e futuro de todo contador, além de um overview de steps básicos e necessários para o crescimento de uma empresa. Assim foi o LIDE FUTURO Debate realizado no último dia 11, que estreou uma agenda incrível de ações construída em conjunto com a Omie, plataforma de gestão em nuvem número um para PMEs.

No palco, Marcelo Lombardo, CEO da Omie, Edson Rigonatti, sócio da Astella Investimentos, e Vicente Sevilha, fundador da Sevilha Contabilidade, ajudaram a construir uma troca enriquecedora em torno de temas como gestão transformadora, marketing e vendas, e tendências da contabilidade.

“Empresa de contabilidade medíocre faz o que precisa ser feito. A bacana é capaz de gerar informações que sejam relevantes. A perfeita é capaz de identificar possíveis mudanças e tendências que impactem em seus clientes”, pontuou Sevilha.

O evento serviu como teaser do que vem por aí no maior evento de nossa anfitriã, o We Are Omie, que acontece dia 08 de agosto, no ExpoTransamérica. Num evento de empreendores para empreendedores, o LIDE FUTURO marca sua presença como forma de potencializar o networking entre os participantes e espera por todos em seu espaço exclusivo.

“Com a parceria, o We Are Omie, criado para ser um dia de conexões que gerem negócios e tragam soluções práticas para alavancar as vendas das PMEs, torna-se ainda mais assertivo, já que passa a contar com a expertise em networking de uma das principais plataformas do setor”, ressaltou Marcelo. 

Unidades: confira os eventos pelo Brasil

Cada vez mais o LIDE FUTURO tem ganhado protagonismo por todo Brasil como uma plataforma que une conteúdo, experiência e networking entre jovens lideranças. Prova disso são os eventos de alto nível que acontecem em diferentes cidades do País. No último mês, Rio de Janeiro foi sede de um Mentoring com Romeu Domingues, Presidente do Conselho da DASA e membro dos conselhos da SulAmérica e da Rede Ímpar, além de uma incrível experiência na Le Cordon Bleu, onde filiados participaram de uma aula show com o head chef João Paulo Frankenfeld.

Em Curitiba, membros da ACE Startups, como o CMO Luiz Gustavo (LG), conduziram mais um Startup Day, debatendo prioridades e temas deste universo. Campinas foi palco para outro super mentoring com Fernando Scherer, ex-atleta brasileiro de natação, que contou sobre sua trajetória, debatendo sobre performance e qualidade de vida.

Fechando o mês, a cidade de São José do Rio Preto promoveu um LIDE FUTURO By Members, com participação de Giseli Marchiote, especialista em marketing de experiência e diretora da Caza M Marketing e Comunicação.

Debate sobre futuro da educação reúne Viviane Senna, João Kepler e executivos do Google e LinkedIn em São Paulo

Evento patrocinado pela Bossa Nova Investimentos, EF – Education First e Omie ofereceu conteúdo, experiência e networking para mais de 300 pessoas

Na última terça-feira, 18, o LIDE FUTURO recebeu mais de 300 convidados em mais uma edição do LIKE THE FUTURE, maior evento do grupo, que abordou a temática do futuro da educação no país. Presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna foi a responsável por introduzir dados atuais sobre a realidade brasileira, destacando a onerosidade na qualidade de serviços educacionais públicos. O debate principal ficou a cargo dos executivos do Google, Alexandre Campos, LinkedIn, Ana Claudia Plihal, Vereda, Danilo Costa, e EF Education First, Eduardo Santos, que contou com a mediação de Guilherme Junqueira, CEO da Gama Academy.

João Kepler, da Bossa Nova Investimentos, líder absoluta do segmento na América Latina, conduziu o quadro #ofuturoéagora com quatro pitches de startups que prometem revolucionar o setor de educação no Brasil, trazendo insights e apresentando tendências às lideranças e filiados presentes. “Acreditamos que muitos dos nossos próximos investimentos poderão ser destinados às empresas do LIDE FUTURO. Com a parceria, queremos potencializar nossa busca pelas melhores oportunidades para estarmos próximos não apenas dos empreendedores, mas também de quem investe com o objetivo de educar e fomentar esse mercado”, comenta o executivo.

Sócia e CEO do LIDE FUTURO, Laís Macedo ressalta a importância de colocar o assunto em pauta, trazendo a experiência e a mentalidade dos principais líderes do mercado, sempre promovendo um rico debate e uma intensa troca entre os convidados do grupo. “Esse é a hora de discutir o atual momento do Brasil e buscar maneiras de oferecer soluções reais às pessoas no âmbito educacional, tão importante e defasado nos dias de hoje”, enfatiza.

Ainda durante o evento foi possível experimentar a sensação de pilotar um carro de Fórmula 1 com narração do campeão mundial brasileiro Ayrton Senna por meio de uma ativação com realidade virtual.

Comida combina com bate-papo: Mentoring com Ronaldo Pereira, da Luxottica Brasil

Desde os 18 anos, Ronaldo tinha uma caderneta com suas metas semestrais. A área de vendas sempre foi seu destino, ele só não sabia. Hoje Presidente de Varejo da Luxottica Brasil, ele passou pelo mercado financeiro até importação de óculos chineses, quando decidiu empreender e abriu a General Optical. Anos depois foi convidado para assumir a Óticas Carol, onde reconstruiu o modelo de negócio da empresa e tornou as franquias seu core business.

Sua trajetória, contada em detalhes para os filiados do LIDE FUTURO, é marcada pela agressiva estratégia de crescimento daquilo que atualmente é a maior rede de óticas do país, passando de 260 lojas para mais de 1.200 pontos de vendas.

Em mais um LIDE FUTURO Experience, realizado na cozinha da Petite Fleur Patisserie no último dia 06, Ronaldo deu valiosas dicas para quem está empreendendo e contando com a fé, além de lembrar a todos que somos todos frutos das nossas escolhas.

Para tornar tudo ainda melhor, os filiados presentes puderam degustar um dos pratos prediletos de Ronaldo: risoto de abóbora com carne seca, preparado especialmente pela @musacooks.

Futuro da educação é tema de maior evento do LIDE FUTURO

No dia 18 de junho, a Casa Bisutti recebe o maior evento do LIDE FUTURO. Nesta edição, o LIKE THE FUTURE promove um rico debate sobre o futuro da educação no país, com grandes executivos do mercado, como Viviane Senna, Presidente do Instituto Ayrton Senna, Alexandre Campos, Head do Google for Education Brasil, Ana Claudia Plihal, Head de Soluções de Talentos do LinkedIn, e Danilo Costa, fundador e Presidente da Vereda Educação.

Em um formato inovador e disruptivo, para mais de 300 convidados, o LIDE FUTURO oferece um conteúdo altamente exclusivo sobre as tendências que permeiam o mundo da educação, com experiências proporcionadas pelos patrocinadores e filiados, além de uma qualificada rede de networkig com líderes empresariais e sucessores familiares. “Este é mais um desafio na agenda do LIDE FUTURO. Unir cada vez mais profissionais renomados para discutir um tema tão relevante na sociedade”, afirma Laís Macedo, CEO do grupo.

Ao todo, mais de 1.000 lideranças fazem parte da plataforma, que sempre promove eventos focados no que há de mais novo no mercado e em tendências globais. Até o final do ano, serão mais de 50 eventos realizados somente na capital paulista. Nomes como Guilherme Junqueira, da Gama Academy, e João Kepler, da Bossa Nova Investimentos, também farão parte do evento.

Última edição do LIKE THE FUTURE, sobre Mobilidade Urbana

“Cada edição do LIKE THE FUTURE mostra, por meio de palestras, pesquisas e debates entre líderes renomados, como estamos cada vez mais próximos do futuro, e que ele pode ser agora. Bem moderno e interativo, estimulamos inovação, conhecimento e engajamento em um ambiente que alia conteúdo, experiência e muito networking”, finaliza Laís.

Não há arrependimentos quando se têm alternativas

O insight de Laércio Cosentino, de entender que se todos os lares teriam seus próprios pcs, assim seria com cada micro-empresa, foi o que originou o começo da história de uma das mais valiosas marcas brasileiras de tecnologia: a TOTVS, multinacional líder no desenvolvimento de soluções de negócios no Brasil e na América Latina para empresas de todos os portes – do micro e pequeno negócio até as grandes companhias.

Laércio Cosentino, fundador e Presidente do Conselho Administrativo da TOTVS

A decisão sempre foi de fazer bons negócios e ampliar o ecossistema ao redor da empresa, por isso, ao longo de seus 36 anos como Presidente, Laércio participou de mais de 65 aquisições, passando pelos mais variados tipos de capitais.

Por trás de uma mente brilhante, há claro uma sólida base de valores, que, segundo ele, é o que torna tudo possível. “Se você não tiver um DNA forte, você tende a sucumbir”, disse ontem (16), durante Mentoring realizado para mais de 30 filiados do LIDE FUTURO.

O que de fato os investidores sempre esperam? Que a TOTVS se mantenha como líder absoluta no mercado, principalmente o brasileiro, com seus mais de 30 mil clientes. Para Laércio, tudo está em constante mudança e a melhor maneira de se manter ativo diante deste cenário é estar atento a tudo o que está acontecendo. “À medida que vamos crescendo, temos a tendência de não olhar mais com atenção ao redor, e é neste momento que ficamos para trás”, frisou.

Quando questionado sobre algo do qual tenha se arrependido ao longo de sua trajetória, nosso mentor conta que não há arrependimentos quando se têm alternativas. “Para tudo o que eu faço existe um plano A e um plano B, por conta disso posso afirmar que nunca me frustrei ou me arrependi, porque sempre trabalhei com duas possibilidades”.

O que move Cosentino ainda hoje, mesmo depois de tantos anos dedicado aos negócios, é a responsabilidade que ele sente ter em cima de tudo aquilo que construiu. “São milhares de funcionários, com famílias, é muita gente envolvida para eu não me importar”, concluiu.

A moralidade como ferramenta de gestão

Alcides sabia desde cedo que seria empreendedor, a paixão pelo trabalho corria em suas veias ainda menino, quando trocava uma partida de futebol com amigos por umas engraxadas aqui e acolá. Em 1991, decidiu largar seu emprego na Randon, maior fabricante de reboques e semirreboques na América Latina, para abrir sua própria oficina.

Natural de Guarulhos, ali decidiu fundar em 1992, junto de seu sócio Flavio Santilli, a Truckvan, líder brasileira no mercado de soluções sobre rodas, tendo produzido, ao longo de sua história, cerca de 60 mil baús de alumínio e entregado 900 unidades móveis para diversos segmentos de mercado, além de ter desenvolvido mais de 80 food trucks.

Com mais de 27 anos de negócio, Alcides contou ontem, durante Mentoring do LIDE FUTURO, alguns dos segredos para se manter vivo mesmo com o vento sempre soprando contra. “Nós nunca trabalhamos com o NÃO, sempre buscamos um jeito de entregar o SIM aos nossos clientes. Além disso, fomentamos sempre um ambiente de muita positividade e proximidade, que torna toda jornada mais leve”, disse.

Após duas horas de um bate-papo bastante verdadeiro, ficou claro que o sucesso da Truckvan está ligado tão somente ao que hoje chamamos de diferencial: valores. “A gente já teve que vender coisa pessoal, mas nunca deixamos de atrasar um dia o salário de nossos funcionários. Para nós, o respeito ao próximo, ética e moralidade estão acima de qualquer lucro”, concluiu.