Sócio do LIDE FUTURO participa de debate sobre mercado bancário do Brasil

O evento abordou o marco legal das empresas de pagamento, as regulações do Banco Central e a reforma tributária

O LIDE Alemanha promoveu no dia 23 de outubro, em Munique, o evento “Mercado bancário e de fintechs no Brasil considerando a reforma tributária”. O evento teve a presença de dois palestrantes brasileiros, Paulo Focaccia, especialista em direito digital na FAS Advogados e sócio do LIDE FUTURO, e José Mauro da Fonseca Couto, cônsul-geral do Brasil em Munique.

O encontro reuniu empresas de auditoria, bancos, indústrias e empreendedores, com o objetivo de debaterem o cenário do mercado bancário brasileiro e as questões jurídicas no Brasil referente às chegadas das novas fintechs.

Paulo Focaccia abordou o marco legal das empresas de pagamento, regulações do Banco Central e reforma tributária: “com a reforma em trâmite, as possibilidades de investimentos no mercado brasileiro tendem a avançar de forma crescente, já que os investidores terão uma nova confiança em nosso mercado”.

O Brasil conta com 209,3 milhões de habitantes, sendo que 45 milhões de pessoas ainda não têm acesso a serviços bancários. Focaccia enfatiza que o Brasil tem um mercado de crédito de R$ 2,9 trilhões, o que é algo muito atraente para os investidores locais e estrangeiros.

Para muitos especialistas, a reforma tributária é considerada fundamental para a retomada do crescimento da economia brasileira. A atual reforma tributária em trâmite no Congresso propõe que a carga de impostos seja mantida, mas que haja alteração na forma de cobrança, que passa a ser no consumo e não na produção. 

Capítulos Recomendados

Nenhum comentário, faça o seu!


Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *